O Esporão de Calcâneo e a Fascite Plantar. Explicando a causa da dor.

Uma queixa muito comum no consultório dos ortopedistas é a dor no calcanhar, muitas vezes denominada pelo próprio paciente como “Esporão de Calcâneo”.

A verdade é que, na esmagadora maioria das vezes, o correto diagnóstico é de Fascite Plantar. Nós possuímos uma aponeurose (estrutura constituída por tecido conjuntivo espesso), que vai do osso calcâneo aos metatarsos, na região plantar do pé. Este tecido é que nos dá a resistência e proteção necessárias para que suportemos a pisada. Ela recebe o nome de Fáscia Plantar.

Quando, por algum motivo, existe uma sobrecarga na fáscia plantar, ela inflama e dá início ao processo conhecido como fascite plantar. O sintoma mais comum é dor na região plantar do calcanhar, principalmente ao acordar. A dor pode piorar com o exercício e sobrecarga nos pés.

Esporão de Calcâneo

Quando a fascite plantar se torna crônica (geralmente por mais de seis meses), o famoso esporão aparece e pode ser visualizado na radiografia em perfil do calcâneo. Ao contrário do que se imagina, a presença do esporão por si só não causa dor. A real causa da dor é a inflamação na fáscia plantar.

O diagnóstico da fascite plantar é clínico, ou seja, não é necessário nenhum tipo de exame de imagem.

O tratamento envolve o uso de anti-inflamatórios, fisioterapia e, principalmente, a elevação do retropé com o uso de calcanheiras ou calçado adequado.

Geralmente o paciente fica livre dos sintomas em, aproximadamente, duas semanas após o início do tratamento.

Compartilhe: